Casamento

Afinal, como surgiu a tradição dos pajens e daminhas em casamentos?

O casamento é um dos grandes momentos da nossa vida: é a celebração do amor e da amizade entre duas pessoas que se amam e têm o objetivo comum de serem felizes para sempre. Nesse clima de romance, a união fica ainda mais bonita com a presença dos pajens e daminhas.

Aproveite a vibração de felicidade e continue a leitura deste post. Vamos falar sobre a importância desses lindinhos na cerimônia matrimonial, contar como surgiu essa tradição e trazer dicas para você escolhê-los sem medo de errar!

Conheça a origem da tradição

É indiscutível que o pajem e a daminha são, depois dos noivos, a grande atração de uma celebração de casamento, conquistando suspiros e elogios de admiração. Portanto, você não pode deixá-los de fora da sua cerimônia!

Essa tradição, segundo historiadores, é originária da Idade Média. Naquele período da História, as idades das damas de honra eram bem próximas umas das outras e o vestuário era idêntico ao da noiva. Qual a razão? Provocar uma confusão nos maus espíritos, de modo a protegê-la de eventuais “problemas”.

Além disso, as damas ajudavam nos preparativos, geralmente eram solteiras e se exibiam para possíveis futuros esposos.

Entenda a importância dos pajens e daminhas

Os pajens e daminhas têm a função de seguir à frente, abrindo passagem para que a noiva possa entrar e encantar os convidados da cerimônia.

Além das meninas serem encarregadas de segurar o buquê no altar, eles podem ser responsáveis por outras atribuições. Confira:

  • levar as alianças: faz parte da tradição as daminhas e os pajens se encarregarem de transportar as alianças até o celebrante;
  • jogar pétalas de flores antes de a noiva entrar: geralmente, é uma função das meninas, chamadas de “floristas”. Elas levam cestinhos com pétalas, que são jogadas para enfeitar o percurso da noiva até o altar;
  • entrar com plaquinhas com frases: atualmente, é uma novidade que agrada tanto aos noivos quanto aos convidados. Os meninos e meninas carregam plaquinhas com frases carinhosas ou humoradas sobre a celebração;
  • entrar com animaizinhos: em uma graciosidade que vai muito bem em cerimônias ao ar livre, os bichinhos de estimação do casal são conduzidos pelos pajens e daminhas.

Faça a escolha certa das crianças

Muita calma na hora de escolher os pequenos! O ideal é convidar aqueles que tenham uma proximidade e intimidade com os noivos. As opções podem ser os sobrinhos, afilhados, primos ou as crianças com as quais o casal tenha um contato mais estreito.

A quantidade fica ao gosto de cada um. Com relação à idade, o recomendável é que tenham entre 3 e 12 anos. É fundamental explicar para eles a importância do evento e a posição de destaque que terão.

Contar com a graça dos pajens e daminhas é dar um toque a mais de leveza, sensibilidade e amor ao enlace. Afinal, eles são uma espécie de anjinhos distribuindo bênçãos pelos caminhos por onde os noivos trilharão juntos, com direito à comemorações maravilhosas.

Agora que você está por dentro desse assunto, conheça os modelos de vestido de noiva que são tendência para 2018 e faça com que a sua cerimônia seja um momento inesquecível!

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
Receba um cupom de desconto de até 17%
Assine para ganhar um cupom de desconto especial e acesso a conteúdo exclusivo do blog.
nós não enviamos spams
Sorteio.

já tem um presente para o Dia dos Namorados?

não? participe do nosso sorteio e concorra a um par de alianças de prata.

2019 (C) todos os direitos reservados
ofertas com até 75% de desconto
é a Black Friday fora de época
Alianças de Ouro Rosé
ROSE5
ganhe 5% de desconto, use o código de cupom