AliançasJoias

Descubra a diferença entre brilhante e diamante e aprenda a usá-los

Sendo noiva ou não, você certamente já ouviu falar sobre os tão sonhados anéis de brilhante. A tradição de presentear a mulher com essa joia no momento do pedido de casamento vem de fora do país, mas tem se tornado cada vez mais presente na vida dos brasileiros.

O diamante, além de ser uma pedra exuberante, é também extremamente resistente e praticamente indestrutível e por isso pode ser considerado a escolha perfeita para um anel tão significativo como o de noivado.

Afinal, você já parou para pensar se existe diferença entre brilhante e diamante? Se deseja acabar de vez com essa dúvida e ainda descobrir a melhor maneira de usar esse item tão desejado, continue a leitura!

Brilhante e diamante — Qual a diferença?

No Brasil, a maioria das pessoas trata brilhante e diamante como sinônimos, mas para começarmos a entender melhor o real significado de cada um, devemos partir do fato de que todo brilhante é um diamante, mas nem todo diamante é um brilhante.

Todo diamante é encontrado na natureza em sua forma bruta. Ele é rústico, não chama tanta atenção por sua aparência e pode até ser confundido com uma lasca de vidro com pouco ou nenhum brilho.

Para que se torne vistoso e reluzente, ele passa por um processo chamado lapidação. Nesse processo, o lapidador tem a tarefa de criar, por meio de cortes, facetas com formas geométricas que trarão todo resplendor à pedra.

O brilhante nada mais é do que um corte específico do diamante. Nesse tipo de lapidação, a pedra possui base cônica e 58 facetas que permitem que ela atinja um altíssimo grau de brilho e tenha seu valor aumentado.

Alguns joalheiros, com a intenção de reduzir custos, não usam a lapidação brilhante em todos os seus diamantes. Por isso, é muito importante estar sempre atenta às variações de preço na hora de escolher sua joia.

Anel de brilhante — Como usar?

Por mais que as regras e costumes estejam cada vez mais flexíveis, as noivas sempre se deparam com a dúvida de qual é a maneira correta de usar o anel de noivado.

É importante lembrar que você tem liberdade para escolher aquilo que a deixará mais confortável, porém, determinadas tradições apontam para um significado muito especial e por isso valem a pena serem seguidas.

No Brasil, as alianças tradicionais de noivado são colocadas na mão direita. Se você deseja usar as duas joias no período de noivado, não há problema nenhum. O anel de noivado, contudo, deve ser colocado no dedo anelar da mão esquerda.

No dia da cerimônia, o anel de noivado muda para a mão direita e a aliança passa a ser usada na mão esquerda. No entanto, após o casamento, muitas mulheres escolhem manter as duas peças juntas no dedo anelar esquerdo.

Você encontrará nas lojas uma grande variedade de outras joias com brilhantes. Elas são versáteis e complementam muito bem, principalmente aqueles looks mais elegantes e glamorosos. Lembre-se que esses itens, além de muito elaborados, são criados para durarem pelo resto da vida e por isso podem ser considerados um ótimo investimento.

Agora que você já sabe a diferença entre brilhante e diamante, que tal seguir nossos perfis nas redes sociais e ficar sempre por dentro das novidades do mundo das joias? Nós, O Rei das Alianças, estamos no FacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle + e Pinterest!

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
Sorteio.

já tem um presente para o Dia dos Namorados?

não? participe do nosso sorteio e concorra a um par de alianças de prata.

2019 (C) todos os direitos reservados