Relacionameto

Porque ler textos sobre relacionamento podem acabar com o seu

Acesse o seu Facebook agora, e tente não dar de cara com um posts sobre relacionamento, sobretudo imagens com textos, que tentam lhe mostrar o que é, ou o que seria o romance “perfeito”.

Difícil, certo?

O post acima visualizei no meu feed enquanto escrevia esse texto.

Este tipo de conteúdo tem se tornado cada vez mais frequente na minha linha do tempo, e não acredito que seja diferente na sua, eles tem um potencial de viralização incrível.

Ok, mas qual é o problema?

Geralmente temos uma certa aversão a opinião alheia oriunda de pessoas próximas (amigos e familiares), mas com muita facilidade encontramos textos na internet que parecem que o autor escreveu olhando para a gente.

Aceitamos tudo o que está escrito com muita facilidade, e o que não se encaixa, levantamos suposições de que aquilo ainda um dia vai acontecer conosco.

Não há como negar que o tema mais fácil de se trabalhar em texto ou imagem é: relacionamento.

E o melhor, dissemina tão rápido, atraia tantos cliques, que é uma tentação não escrever.

Você não é feliz, e não é amado

O problema com textos que abordam o amor é que eles tendem a nos “mostrar” como somos incapazes de sustentar um relacionamento com o mínimo de satisfação.

De alguma forma, o autor vai lhe propor que se o seu relacionamento não é, ou não está acontecendo da forma que ele julga ser “correta”, é que você está fracassando e sofrendo por isso.

Mas convenhamos, você nem sabia que era infeliz ou estava sofrendo até clicar no link do texto por CURIOSIDADE.

O “B, A, BA” do amor

Esqueça todo e qualquer texto que queira lhe ensinar que o seu relacionamento tem que seguir determinados padrões para que prospere e eventualmente case com seu(a) parceiro(a), tenha filhos, envelheça feliz e morra de mãos dadas.

Isso não existe!

Não é porque seu namorado não lhe dá flores, que ele é uma pessoa insensível e sem coração.

Não é porque sua namorada não gosta que você saia com seus amigos, que ela é uma megera controladora.

O que esses textos estão criando, é uma percepção de que o amor é uma utopia distante, que só os mais sábios a conquistam, e que em qualquer deslize seu ou da outra pessoa, é melhor que dê um fim a tudo.

Relacionamento Fast Food

O fast food foi criado para atender a demanda daquelas pessoas com pouco tempo para sentar e apreciar uma boa refeição. Ela é perfeita para quem preza pelo prazer imediato, saciando a fome e com pouco ou nenhum esforço.

O relacionamento fast food não é muito diferente disso, são romances rápidos, com pouca intensidade que saciam nossa carência. E assim como o fast food, não tem gosto, tem baixo investimento, e em pouco tempo estamos com fome novamente.

Mas por que isso é tão comum?

Porque temos a impressão que isso não interfere em nossas vidas diretamente. Os sentimentos de outrem não são nossa prioridade.

O prazer não permite deliberar de forma racional se aquilo é ou não bom para nós, o mesmo acontece com as drogas, álcool, pornografia, e doces e comidas gordurosas.

Viva o amor do seu jeito

Entenda que não existe fórmula secreta pro amor, não existe uma receitinha de bolo, seria ótimo se existisse, mas não existe.

O que existe é o diálogo, capaz de construir relacionamentos de longo prazo. Permitindo discernir as coisas como realmente são.

Não se atenha ao que os textos dizem sobre o que é ou não ideal para o seu relacionamento, o ideal é ser feliz, seja da maneira que for.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Fechar
Fechar
Golden Week
Alianças de ouro com preço Black Friday